Banner Haras Regina Topo
04 Nov 2018 | 04:04:15

Accelerate e Enable, estrelas de uma Breeders’ Cup histórica

Segundo dia de disputas, em Churchill Downs, revelou feitos e personagens que fizeram da versão 2018 do festival norte-americano uma de suas mais emblemáticas edições.

Accelerate e Enable: estrelas da Breeders' Cup 2018.

Imagem: Rte.ie

As pouco mais de 70 mil pessoas que acompanharam o segundo dia de disputas da Breeders’ Cup 2018, no sábado (3), em Churchill Downs, contemplaram, de personagens e resultados, que marcaram, em definitivo, a história do maior festival turfístico norte-americano.

Ratificando sua condição de melhor arenático, dos Estados Unidos, na atualidade, Accelerate, 5 anos, filho de Lookin At Lucky e Issues (Awesome Again), de criação de Mike Abraham e propriedade de Hronis Racing LLC, conquistou a Breeders’ Cup Classic (gr.I), em 2.000m na pista de areia, para produtos de 3 e mais anos, com dotação de US$ 6 milhões.

Enquanto Mendelssohn puxava o train de corrida, Accelerate aguardava na quinta colocação. Joel Rosario começou a procurar pelo seu conduzido na cabeceira da última curva. Embalando, Accelerate avançou sobre os ponteiros, girando para a reta final praticamente emparelhado com Mendelssohn e mais McKinzie. Pelas balizas de dentro, era o irlandês Thunder Snow quem se aproximava.

Na hora da verdade, foi, justamente, Thunder Snow, quem colocou em xeque a vitória de Accelerate. Instigado por Joel Rosario, o alazão desvencilhou-se de Thunder Snow, após muita luta, quando faltavam 150 metros para o espelho. Gunnevera avançou para tomar a dupla de Thunder Snow, escoltando Accelerate por 1 corpo. Thunder Snow foi o terceiro e o japonês Yoshida (Street Cry) o quarto. Mendelssohn terminou em quinto. Estreando no dirt e cumprindo aquela que, provavelmente, tenha sido a última atuação de sua campanha, Roaring Lion foi o décimo quarto e último colocado – sem nunca ter animado.

Na primeira vitória do treinador John Sadler numa prova da Breeders’ Cup, Accelerate conquistou seu décimo êxito (o quinto de G1) em 22 saídas. Tempo de 2:02.93. Replay aqui.

Antes da conquista de Accelerate, porém, o público presente a Churchill Downs testemunhou aquele que talvez tenha sido o momento mais aguardado de todo o festival. A super craque Enable, 4 anos, filha de Nathaniel e Concetric (Sadler’s Wells), criada na Grã-Bretanha pela Juddmonte Farms, que também detém sua propriedade, estreou em solo norte-americano cercada de holofotes e expectativas, por ocasião da Breeders’ Cup Turf (gr.I), em 2.400m na grama, para produtos de 3 e mais anos, com dotação de US$ 4 milhões. Para delírio dos aficionados, ela não decepcionou.

Magican tentou, o quanto pode, evitar a histórica vitória de Enable. Prevaleceram, contudo, a classe da ganhadora e a categoria de Lanfranco Dettori. No disco, Enable sacou ¾ de corpo sobre a adversária, na primeira ponta e dupla de éguas da história da prova. Saddler’s Joy (Kitten’s Joy) ficou com o terceiro posto. O brasileiro Quarteto de Cordas (por Rock of Gibraltar, de criação de Beverly Hills Syud), sempre correndo solicitado e distante do pelotão, ganhou algumas posições para finalizar em nono.

Treinada na Grã-Bretanha por John Gosden, Enable passa a contar com 10 primeiros lugares em 11 corridas. Primeiro animal a vencer o Prix l’Arc de Triomphe (gr.I) e a BC Turf em sequência, Enable percorreu a distância em 2.32.65. Replay aqui.

Não foi apenas à base de Accelerate e Enable, porém, que o meeting norte-americano alicerçou suas emoções. O treinador Peter Mille conquistou o inédito feito de vencer, pelo segundo ano consecutivo , as duas principais provas de velocidade do festival – a Breeders’ Cup Sprint (gr.I) com Roy H (Replay aqui) e a Breeders’ Cup Sprint (gr.I) com Stormy Liberal (Replay aqui).

Monomoy Girl, a exemplo do que havia feito em maio, por ocasião do Kentucky Oaks (gr.I), flutuou pela pista de Churchill Downs, como se em casa estivesse. Venceu, nessa toada, a Breeders’ Cup Distaff (gr.I). Replay aqui.

Expert Eye tornou a data ainda mais especial para a Juddmonte Farms ao conquistar a Breeders’ Cup Mile (gr.I). Replay aqui. Na prova correspondente, destinada aos machos, vitória firme de City of Light na Breeders’ Cup Dirt Mile (gr.I). Replay aqui.

A irlandesa Sistercharlie deixou a favorita Wild Illusion para trás na Breeders’ Cup Filly & Mare Turf (gr.I), noutro fim de semana, dos melhores, para Chad Brown. Replay aqui.

E numa das chegadas mais emocionantes do fim de semana, Shamrock Rose – uma neta de Ellusive Quality – levou a melhor na Breeders’ Cup Filly & Mare Sprint (gr.I). Replay aqui.

Mais notícias

Nota de falecimento: Julio Cesar Garcez Castellano

Julio Cesar Garcez Castellano Imagem: Gazeta do Povo Faleceu nesta segunda-feira (9), em Curitiba, o criador e proprietário Julio Cesar Garcez Castellano. O sepultamento está marcado para amanhã, terça-feira (10), no Cemitério Municipal de Curitiba. Filho do também criador e proprietário – além de fundador da Associação dos Cronistas de Turfe do Paraná – Francisco Castellano Neto, Julio Cesar vivenciou,... [continua ]

Ler na íntegra

Cônsul American não dá susto na Prova Especial Duque de Caxias

Defensor do Stud El Gibbor brilhou na abertura da programação, em Cidade Jardim.

Ler na íntegra

Comandante Dodge lidera dobrada da Coudelaria Família Monteiro em listed

Múltiplo ganhador clássico, filho de Dodge resistiu às investidas do faixa, Super Rapha, no Clássico Orsenigo (L).

Ler na íntegra