19 mar 2018 | 20:53:17

Tríplices coroas ganham forma no Cristal

Gibby, Sangue Missioneiro, Dolce D’Anafer e Best Dubai levaram a melhor nas provas, inaugurais e sequenciais, das tríplices coroas, em Porto Alegre.

Best Dubai está a um passo da tríplice coroa

Imagem: Marcos Nagelstein/Divulgação JCRS

Tiveram início na sexta-feira, em Porto Alegre, as duas fórmulas juvenil. Já as tríplices coroas dos produtos de 3 anos ganharam as respectivas segundas provas.

Devolvendo capital, Gibby, filha de Watchmon e Estandarte de Ouro (Nedawi), de criação e propriedade do Haras Balada e propriedade do Haras Santa Zélia do Caiboaté, venceu o Clássico Armando F. G. Hofmeister, em 1.200m na pista de areia, na 1ª prova da tríplice coroa juvenil, versão potrancas de 2 anos.

Depois de confronto inicial com Olé Gremista (Shanghai Bobby), Gibby tomou a ponta na cabeceira da curva. Com Christiano Farias “up”, neutralizou as investidas de Gata Sexy (Redattore), derrotando-a por cerca de 3 corpos e ½. Going South (Wild Event) em terceiro e Olé Gremista no quarto posto. Treinada por F. Silva, assinalou 1:18.00 na segunda vitória em 3 saídas. Replay aqui.

No páreo correspondente, destinado aos machos, Sangue Missioneiro, filho de Bold Start e Best Cindy (Patio de Naranjos), de criação do Haras América do Sul e propriedade de José Vecchio Filho e Gil Irala, conquistou o Clássico Paulo Rosa Wairich, em 1.200m na pista de areia, para produtos de 2 anos, na 1ª prova da tríplice coroa juvenil.

Conduzido por Lucas Conceição, Sangue Missioneiro brigou com Gulf Watch (Watchmon) desde a largada. Na reta final, em que pese os insistentes avanços de Gulf Watch, Sangue Missioneiro derrotou o oponente por ¼ de corpo. Gergelim (Adriano) em terceiro, deixando Termonde (Poker Face) e Gunga Din (Wild Event) no complemento do placar. E. Dias responde pelo treinamento de Sangue Missioneiro, agora dono de 3 vitórias em 4 apresentações. Tempo de 1:15.60. Replay aqui.

Num vibrante arremate, Dolce D’Anafer, filho de Union Avenue e Hag Tina (Christine’s Outlaw), de criação do Stud Ferragus e propriedade do Stud F.F.F.J., levantou o GP Presidente Coronel Caminha, em 2.000m na areia, para produtos de 3 anos, 2ª prova da tríplice coroa.

Conduzido por B. Santos, Dolce D’Anafer superou Hubli (Agnes Gold) em boa lei, por 1 corpo e ¼. Barishnikov (Watchmon) ficou com o terceiro lugar, deixando Nadador Lô (Crimson Tide), candidato ao título, em quarto e St. Tropez (Redattore) no quinto posto. Com treinamento de F. Silva, Dolce D’Anafer obteve a segunda vitória em 12 saídas ao percorrer a distância em 2:15.30. Replay aqui.

Defendendo condição de melhor égua do turfe gaúcho, na atualidade, Best Dubai, filha de Dubai Dust e Vogue Girl (Vettori), de criação do Stud Ferragus e propriedade do Stud F.F.F.J., não deu susto no GP Presidente Fernando Jorge Schneider, em 1.800m na areia, 2ª prova da tríplice coroa da potrancas de 3 anos.

M. B. Souza esteve no dorso de Best Dubai, que, numa partida longa, assumiu a ponta na metade da última curva. Dali em diante, a favorita manteve, com firmeza, o posto principal, cabendo a Linda Nui (Molengão) a formação da dupla, a 4 corpos. Lady Kesha (Tiger Heart), Equestria (Thompson Rouge) e Olabisi (Spring Halo) depois. A uma vitória da conquista da tríplice coroa, Best Dubai – treinada por N. Canut – conquistou a nona vitória em 10 saídas. Tempo de 2:00.80. Replay aqui.

Mais notícias

Leilão da Criação Nacional: amanhã, sorteio da ordem de entrada da etapa SP

O sorteio ocorrerá no domingo (1º), às 13 horas, e terá transmissão da TV Jockey.

Ler na íntegra

Mercado: Coolmore arremata Marsha por 6 milhões de guinéus e estabelece novo recorde nos leilões europeus

Velocista foi colocada à venda nesta terça-feira (5), no Tattersalls December Breeding Stock Sales, em Newmarket.

Ler na íntegra

Argentina: The Last Ilusion faz brilhar a criação Paula Machado

Filho da brasileira Helisangela venceu o Clásico Antonio Cane (gr.III).

Ler na íntegra