12 set 2020 | 17:49:05

Na milha, Eron do Jaguarete segue à procura de adversários

Alazão do Stud Jaguarete conquistou o GP Alberto Santos Dumont (G3)

Eron do Jaguarete corre muito!

Imagem: Porfírio Menezes/Divulgação JCSP

Disputado no Jockey Club de São Paulo, neste sábado (12), o Grande Prêmio Alberto Santos Dumont (G3), em 1.600m na pista de grama (leve), para produtos de 3 mais anos, marcou nova vitória do excelente Eron do Jaguarete, 4 anos, filho de Kodiak Kowboy e Cineasta (Amigoni), de criação e propriedade do Stud Jaguarete.

Estreando em Cidade Jardim, Marlin Azul tomou a ponta, após a largada. Campelanda corria em segundo, com Ouro da Serra acionando na terceira colocação. Luckysiri corria em quarto e No Sound acionava em quinto. Eron do Jaguarete era o sexto – sem perder os ponteiros de vista.

Para evitar prejuízos, Maikon Mesquita lançou Eron do Jaguarete por fora de seus adversários, durante a curva. Antes mesmo do início da reta final, colocou seu conduzido para correr, o que fez com que Eron do Jaguarete já entrasse “embalado”, no tiro direto.

Até a altura dos últimos 300 metros, Marlin Azul e Campelanda mantiveram-se, na briga, pelo primeiro posto. Dali em diante, porém, não houve quem pudesse com o poderoso arremate de Eron do Jaguarete. Passando sem briga pelos adversários, o melhor milheiro de Cidade Jardim abriu 1 corpo e ¼ à frente do sempre presente Ouro da Serra. Marlin Azul, de ótimo reaparecimento e estreia, em São Paulo, foi o terceiro. Luckysiri e Campelanda completaram o marcador.

A seguir, No Sound, O Sole Mio e Quick Hillie.

Treinado por Mário André, Eron do Jaguarete conquistou a 8ª vitória, sendo a 4ª clássica, em 11 saídas. Tempo de 1:33.93, com finais de 23.24 e 11.94.

Mais notícias

Pelo quarto ano consecutivo, Winx brilha no Cox Plate (gr.I)

Estrela do turfe australiano voltou a brilhar em Mooney Valley.

Ler na íntegra

Após forfait no sábado, Jolie Olímpica retorna na Del Mar Mile (G2)

Brasileira fará frente aos machos, no próximo dia 23. Retirada, no Yellow Ribbon Handicap (G2) deveu-se à decisão pela concessão de maior período de recuperação à corredora, após sua última saída.

Ler na íntegra

Porto Alegre: Hubli vence o Clássico Estensoro

Filho de Agnes Gold, pertencente ao Stud Kid, conquistou êxito na chamada principal do Hipódromo do Cristal.

Ler na íntegra