04 nov 2017 | 23:30:01

Gun Runner não dá chance aos rivais na Breeders’ Cup Classic (gr.I)

Pupilo do brasileiro Gonçalo Torrealba brilhou no clímax do festival em Del Mar.

Gun Runner venceu de ponta a ponta

Imagem: Getty Images/CBS Sports

Sem em 1995, com Cara Rafaela, e em 2005, com Leroidesanimaux, o brasileiro Gonçalo Torrealba havia ficado muito próximo de conquistar almejados troféus da Breeders’ Cup, a recompensa, em 2017, veio da melhor maneira possível. Há pouco, em Del Mar, na Califórnia, Gun Runner, 4 anos, filho do argentino Candy Ride e Quiet Giant (Giant’s Causeway), de criação de Besilu Stables e propriedade da Winchell Thoroughbreds & Three Chimneys Farm (esta pertencente a Torrealba), venceu a Breeders’ Cup Classic (gr.I), em 2.000m na areia, para produtos de 3 e mais anos, com US$ 6 milhões de bolsa.

Com Florent Geroux “up”, Gun Runner mandou-se para a ponta logo após a partida. Collected (City Zip) corria em segundo, enquanto que o irlandês Churchill (Galileo) aparecia na terceira colocação. O ganhador do Travers Stakes (gr.I), West Coast (Flatter) acionava em quarto. Com parciais de 46.31 e 1:10.50, a prova, a partir da cabeceira da última curva, resumiu-se a um mano a mano entre Gun Runner e Collected.

Nos últimos 200 metros, Gun Runner conseguiu, enfim, se desvencilhar do oponente. Na quarta vitória consecutiva – a quarta de G1 – o melhor PSI da América superou Collected por 2 corpos e ½. West Coast finalizou em terceiro, com War Story (Northern Afleet) e Gunnevera (Dialed In) arrematando em quarto e quinto, respectivamente.

Sequer sombra do animal que outrora encantou o mundo, e que buscava, no ato, a sua segunda Breeders’ Cup Classic, Arrogate (Unbridled’s Song) empatou com Gunnevera (Dialed In) na quinta posição – sem nunca dar impressão de que poderia vir a brigar por posição mais ambiciosa.

Treinado por Steven Amussen, Gun Runner conquistou a décima vitória de sua campanha, em 18 apresentações. Após escoltar Arrogate na Dubai World Cup (gr.I) deste ano, Gun Runner não mais conheceu derrota. Antecederam o sucesso desta tarde, os êxitos nos Stephen Foster Handicap (gr.I), Whitney Stakes (gr.I) e Woodward Stakes (gr.I). Também ganhador do Clark Handicap, Arrogate precisou de 2:01.29 para percorrer a distância dos dois quilômetros.

Mais notícias

Atração do fim de semana, Winx segue como a melhor do mundo

Ranking Longines de melhores animais PSI do mundo teve nova atualização. Craque australiana, que voltará a correr no fim de semana, segue empatada com – o já retirado à reprodução – Gun Runner.

Ler na íntegra

Happy To Be Me vence a Taça de Prata de potrancas

Corredora do Haras Regina conquistou o GP Margarida Polak Lara (gr.I).

Ler na íntegra

Flight Time aprova o gramado e vence a Prova Especial Daião

Defensor de Black Opal Stud impressionou em sua segunda exibição.

Ler na íntegra