14 out 2019 | 08:03:20

De ponta a ponta, Mais Que Bonita assegura vitória no GP Rocha Faria (gr.II)

Vitoriosa pertence ao Stud Eternamente Rio.

Mais Que Bonita largou e acabou.

Imagem: Sylvio Rondinelli/Divulgação JCB

Numa espécie de replay da vitória obtida na Prova Especial Joiosa (a primeira de sua campanha, agora composta por 2 primeiros lugares em 5 saídas), Mais Que Bonita, filha de Agnes Gold e Feia Que Dói (Scat Daddy), de criação e propriedade do Stud Eternamente Rio, largou e acabou no Grande Prêmio Rocha Faria (gr.III). A prova, reservada a potranca de 3 anos e disputada em 2.000m na raia de grama (pesada), abrilhantou a jornada de domingo (13), no Jockey Club Brasileiro.

Assumindo a dianteira logo após a largada, Mais Que Bonita não abriu o mesmo “boqueirão”, conforme a mais recente exibição. Ainda assim, ditou o ritmo da prova, sem que suas adversárias tenham ousado lhe acompanhar. Ingressou na reta final com Henderson Fernandes de rédeas frouxas, permitindo que sua conduzida galopasse, à vontade, no posto principal.

Quando exigida, manteve, com facilidade, a vantagem que lhe separava das demais competidoras. Que Bacana formou a dupla, a 5 corpos e ½. Kate Flying avançou para ficar com o terceiro. Hanna Gold e Menina Veneno deram números finais ao marcador.

A seguir, Pamukkale, High Passion, No Nay Never e La Sonata.

Recebendo treinamento de Luis Esteves, Mais Que Bonita completou o percurso no tempo de 2:02.52.

Mais notícias

Em teste para o GP São Paulo, Link Olímpico carimba G3

De volta à pista de grama, filho do nacional Plenty of Kicks, pertencente ao Haras Regina conquistou o GP Presidente Raphael Aguiar Paes de Barros (gr.III).

Ler na íntegra

Gun Runner não dá chance aos rivais na Breeders’ Cup Classic (gr.I)

Pupilo do brasileiro Gonçalo Torrealba brilhou no clímax do festival em Del Mar.

Ler na íntegra

Bay Ovar retoma liderança entre as fêmeas no GP Francisco Vilella de Paula Machado

Potranca do Stud Best Friends conquistou êxito de firmeza.

Ler na íntegra