02 fev 2020 | 23:09:52

Be Better conquista o Clássico Antonio Carlos Amorim (L)

Filha de Agnes Gold pertence ao Haras Interlagos.


Be Better venceu com firmeza.

Imagem: Sylvio Rondinelli/Divulgação JCB

Disputado neste domingo (2), no Jockey Club Brasileiro, o Clássico Antonio Carlos Amorim (L), em 1.600m na pista de grama (macia, com 12m de cerca móvel), para éguas de 3 e mais anos, foi vencido por Be Better, 4 anos, filha de Agnes Gold e Beats Me (Yagli), de criação e propriedade do Haras Interlagos.

Goiaba Doce e Got My Wish movimentaram o ritmo da competição. La Sorella corria em terceiro. Lisboeta e Greece depois. Waldomiro Blandi, por sua vez, posicionava Be Better em sexto.

Na entrada da reta final, Be Better foi lançada por fora de Lisboeta e Greece. Avançando sobre as ponteiras, dominou Goiaba Doce na altura dos últimos 300 metros. Greece avançava, um bocado mais por fora.

Be Better aparou, à distância, os ataques de Greece. Diferença de 3 corpos e ½ entre as duas. Grand Nuit foi a terceira e Lisboeta a quarta. Goiaba Doce completou o marcador.

Depois, Honor Roll, La Sorella e Got My Wish.

Treinada por Roberto Solanés, Be Better obteve a terceira vitória (primeira clássica) em 11 saídas. Tempo de 1:35.85.

Mais notícias

Chile: Wow Cat desbanca os machos mais uma vez e se torna tríplice coroada

Filha de Lookin At Lucky levou a melhor nos 2.200m do St. Leger (gr.I) e fez do ano de 2017, juntamente de Robert Bruce, uma temporada inesquecível para os turfistas chilenos.

Mercado: milionárias, Songbird, Tepin e Stellar Wind roubam a cena no Kentucky

Primeira geração de American Pharoah também chamou atenção nos leilões da “capital do cavalo”.

Leilão de Coberturas ABCPCC 2018: regulamento

Evento será realizado no próximo dia 23 de maio, com transmissão via internet.