09 Set 2017 | 14:48:05

Holy Byblos resiste a Velha Máquina na Prova Especial Dulce

Embate marcou a abertura da programação sabatina em Cidade Jardim.

Holy Byblos resistiu aos avanços de Velha Máquina

Imagem: Marília Lemos

Disputada na corrida de abertura desta sabatina (9), em Cidade Jardim, a Prova Especial Dulce, em 1.400m na pista de grama, para éguas de 3 e mais anos, marcou a vitória da favorita Holy Byblos, 4 anos, filha de Holy Roman Emperor e Byblos (Shudanz), de criação e propriedade do Haras Kigrandi.

Na dianteira desde a partida, Holy Byblos aparecia seguida de perto por Ever Hush (Put It Back), correndo Kings Gate (T. H. Approval), Velha Máquina (Vettori) e Maria Clara (Redattore) na sequência.

Abordado o tiro direto, Ever Hush esmoreceu, dando vez aos avanços de Velha Máquina e Kings Gate. Esta tentava infiltrar-se pela brecha existente entre a ponteira Holy Byblos e a cerca interna. Sem sucesso na investida, Ruberlei Viana sacou Kings Gate por fora da dupla. No lance, Holy Byblos e Velha Máquina escaparam, em definitivo, nas duas primeiras colocações.

Em que pese a impressão dada por Velha Máquina, Holy Byblos, exigida por Jeane Alves, resistiu na primeira colocação. Velha Máquina, em boa atuação, formou a dupla a ¼ de corpo. Kings Gate (4 e ¼), Maria Clara (9 e ½) e Ever Hush (12 e ½) depois.

Treinado por Thiago Haidar, Holy Byblos conquistou a quarta vitória em 14 saídas. Ganhadora do Clássico Riboletta (L) e da Prova Especial Raul e Irene Crespi, Holy Byblos completou a distância em 1:21.22.

Mais notícias

Debaixo de chuva, Enable vence o Epsom Oaks (gr.I)

Potranca da Juddmote Farms pertence à primeira geração do reprodutor Nathaniel.

Ler na íntegra

Grande Prêmio OSAF (gr.I) é de Pateo do Batel

Crioula de Roberto Belina surpreendeu as mais visadas no "São Paulo das Éguas"

Ler na íntegra

Campeoníssimo impõe sua categoria na Prova Especial Quartier Latin

Descendente da craque Smile Jenny emendou sua segunda vitória consecutiva

Ler na íntegra