Banner Haras Regina Topo
15 Mai 2017 | 16:39:16

França: Brametot levanta a Poule d'Essai des Poulains (gr.I)

Criação irlandesa também brilhou com Precieuse na prova das potrancas

Brametot (por fora) venceu seu primeiro G1 em Deauville

Imagem: Paris-Turf.com

Ontem (14), em Deauville, na França, a geração 2014 esteve sob os olhares atentos de turfistas de todo o mundo. Isso porque na data foram disputadas as versões locais dos "guinéus", sendo que as vitórias sorriram, nas respectivas provas, aos irlandeses Brametot e Precieuse.

Corrido de alcance por Cristian Demuro, Brametot arrematou com disposição nos lances decisivos da Abu Dhabi Poule d'Essai des Poulains (gr.I), em 1.600m na grama, para machos de 3 anos, com dotação de € 600 mil. E quando o francês Le Brivido (Siyouni) parecia trazer a corrida praticamente vencida, Brametot carregou com ímpeto contra o oponente para sacar, na linha decisiva, meia cabeça de vantagem.

O ganhador dos Racing Post Trophy (gr.I) e Champagne Stakes (gr.I), Rivet (Fastnet Rock), foi o terceiro colocado a 3 corpos da dupla. Treinado na França por Jean-Claude Rouget, Brametot obteve a sua quinta vitória (além de um segundo lugar) em 6 saídas. Também ganhador do Prix de Fontainebleau (gr.III) e do Grande Criterium de Bordeaux (L), Brametot é um filho de Rajsaman e Morning Light (Law Society), criado na Irlanda por Herve Cardemil e pertencente a Al Shaqab Racing & Gerard Augustin-Normand. Tempo de 1:36.82.

Já na prova correspondente destinada às fêmeas, Precieuse, filha de Tamayuz e Zut Alors (Pivotal), de criação de Knocktoran Stud e propriedade de Mme. Anne-Marie Hayes, faturou a Abu Dhabi Poule d'Essai des Pouliches (gr.I), também em 1.600m na grama, mas com € 500 mil (€ 100 mil a menos do que a prova dos potros, portanto) de bolsa.

Acompanhando com facilidade o ritmo da ponteira Charm Appeal (Canford Cliffs), Precieuse recebeu rédeas de Oliver Peslier na cabeceira da reta final. E no tiro direto coube à potranca de pelagem alazã se esquivar dos avanços de Sea of Grace (Born To Sea), uma neta do nosso conhecido Vettori, que arrematou com disposição para ficar com o segundo posto, a 1 corpo e 3/4 da ganhadora. Heuristique (Shamardal) foi a terceira. Fabrice Chappet responde pelo preparo de Precieuse, que obteve a sua segunda vitória (a primeira clássica) em 6 saídas. Relógios parados na marca de 1:37.69.

Mais notícias

Holy Legal segue absoluta na velocidade uruguaia

Brasileira, do Haras Belmont, não encontrou dificuldades para vencer o Clásico Pedro Indart Denis.

Ler na íntegra

Mucho Fon e Rainha da Lagoa abrem as tríplices coroas em Porto Alegre

A quinta-feira (16) de 8 corridas em Porto Alegre foi bastante movimentada. Isso porque o Jockey Club do Rio Grande do Sul promoveu hoje a abertura de suas tríplices coroas, sendo que couberam a Mucho Fon e Rainha da Lagoa as vitórias nas provas inaugurais, que fazem deles, agora, os candidatos aos respectivos títulos.

Ler na íntegra

"Champion sprinter", Wenzel Blade é retirado à reprodução

Melhor velocista do Brasil, e da América do Sul, em 2016 servirá na Coudelaria Colaço, em Piraquara/PR

Ler na íntegra