17 jan 2021 | 17:38:15

Sailor Courtier, em recorde, encanta no GP Turfe Gaúcho

Pelo segundo ano consecutivo, Haras Cima e conexões brilharam na tradicional prova da cancha reta nacional.

Sailor Courtier: futuro imenso, adiante

Imagem: Hermes Martins/Turfe On Line

Neste domingo (17), no Jockey Club do Rio Grande do Sul, foi disputada a final do 53º Grande Prêmio Turfe Gaúcho, em 700m na pista de areia (macia), para produtos de 2 anos, com regulamento próprio. Vitória, em recorde, de Sailor Courtier, filho de Courtier e How Dry I Am (Belong To Me), de criação e propriedade do Haras Cima, que, repetiu, portanto, a conquista de Dashing Court, no ano passado.

Se na seletiva, disputada no sábado, Valmir Rocha não pediu, em momento algum, por Sailor Courtier – e em razão disso, inclusive, assinalou marca modesta (42 segundos) perto das outras eliminatórias – hoje o bridão ajustou seu conduzido, na altura dos 400 finais. Foi o que bastou para o alazão esfuziar na dianteira e conquistar vitória de plena autoridade.

Riobravo (Desejado Thunder), após tentar alguma aproximação, nos últimos 300 metros, teve de se contentar com a formação da dupla, a 3 corpos. Siga El Corso (Catch A Flight) foi o terceiro. Depois, Índice Fatal (Wired Bryan) e Idolatrada Export (Billion Dollar).

Preparado, em Curitiba/PR, por E. Goldoni, Sailor Courtier tornou-se o novo recordista da distância, ao assinalar o tempo de 40.20.

Mais notícias

Nota de Falecimento: Adail Oliveira

Há tempos com a saúde debilitada, desde um AVC sofrido em 2007, o ex-jóquei e treinador Adail Oliveira acabou não resistindo e falecendo na manhã deste sábado, 11 de fevereiro.

Ler na íntegra

Turfe nacional: os calendários clássicos para 2020

Confira as chamadas clássicas de Cidade Jardim, Cristal, Gávea e Tarumã para o ano que vem.

Ler na íntegra

Vino Rosso, a estrela mor da Breeders’ Cup 2019.

Alazão repetiu vitória do pai, Curlin, na Breeders’ Cup Classic (gr.I). Confira os demais resultados e replays do festival.

Ler na íntegra