19 dez 2017 | 14:23:00

Clássicos encerraram temporada no Cristal

Mucho Fon, Best Dubai, Public Job e Linda Nui dominaram os embates de maior destaque na despedida do turfe de Porto Alegre, em 2017.

Public Job obteve novo êxito em Porto Alegre

Imagem: Divulgação JCRS

No últimos dias 14 e 15, o Jockey Club do Rio Grande do Sul realizou as duas últimas jornadas do turfe local, no ano de 2017. Para tanto, dezessete provas restaram disputadas, dentre as quais quatro clássicos locais.

Mucho Fon, 4 anos, filho de Bold Start e Flying Bullet (Magical Mile), de criação do Haras Capela de Santana e propriedade do Stud Casablanca, conquistou o Clássico Tribunal de Justiça do Estado, em 1.609m na pista de areia, para produtos de 3 e mais anos.

Com M. B. Souza “up”, Mucho Fon foi à forra contra Qua Qua Qua (Amigoni), que lhe havia derrotado no Clássico Brigada Militar. Baita Alegria (Pounced) finalizou em terceiro, com Fermento Em Pó (Wild Event) e Balaco (Novellista) completando o marcador.

Treinado por H. P. Machado, Mucho Fon conquistou a oitava vitória em 20 corridas. Vencedor, dentre outros páreos, do GP Presidente da República (L), em 2016, Mucho Fon percorreu a milha em 1:45.90. Replay aqui.

Competindo no posto de melhor fêmea do turfe local, na atualidade, Best Dubai, 3 anos, filha de Dubai Dust e Vogue Girl (Vettori), de criação do Haras Fronteira P.A.P. e propriedade de Claudio Oliveira Osorio Marques, exibiu sobras e mais sobras no Clássico Presidente Getúlio Vargas, em 1.800m na pista de areia, para éguas de 3 e mais anos.

Conduzida por L. Costa, Best Dubai deixou, na segunda colocação, Flight At Night (Shirocco). Just Event (Wild Event) finalizou em terceiro. Depois, Bacanona (Agnes Gold) e Surfista (Siphon). No treinamento de N. Canut, Best Dubai, agora dona de 6 vitórias em 7 corridas, assinalou 2:02.90 para a distância. Replay aqui.

No Clássico Pres. José Pinheiro Borda – Encerramento, em 2.200m na pista de areia, para produtos de 3 e mais anos, prevaleceu Public Job, 3 anos, filho de Public Speaker e Adrya di Job (Job di Caroline), de criação do Stud Don Juan e propriedade de Delbio Marques.

Sob condução de L. Costa, Public Job superou Jovem D’Alessandro (Point Given), terminando Smart Flyer (Public Purse) em terceiro. No complemento do marcador, Estiloso (Refuse To Bend) e Euquemando (Public Purse). A. F. Chaves é quem responde pelo treinamento de Public Job, que obteve a quarta vitória em 11 corridas. Tempo de 2:30.10. Replay aqui.

Também houve vez para o laurel de Linda Nui, 3 anos, filha de Molengão e Viva Fafá (Know Heights), de criação do Stud TNT e propriedade da Coudelaria F.B.L., por ocasião do Clássico Natal, em 1.600m na areia, para éguas de 3 e mais anos.

Pilotada por C. Farias, Linda Nui superou Ziska Blade (Blade Prospector), que teve de se contentar com a formação da dupla. Fancy Belle (Public Purse) ficou com o terceiro posto. A seguir, Prodigious Chris e Lady Kesha. Na quarta vitória, em 9 corridas, Linda Nui percorreu a milha na marca de 1:50.10. Replay aqui.

Mais notícias

Leilão da Criação Nacional ABCPCC – etapa Rio de Janeiro: catálogo oficial

Evento será realizado nos dias 29 e 30 de junho, no Jockey Club Brasileiro.

Ler na íntegra

Em final de emoção, Schweinsteiger conquista o GP ABCPCC – Udiaço (gr.I)

Alazão do Haras Rio Iguassu superou Cônsul American por margem mínima, em Cidade Jardim.

Ler na íntegra

Em longa atropelada, Set Ton levanta o Clássico Luiz e José Vieira de Carvalho Mesquita (L)

Sempre presente, corredor de Carlos Antonio Nogueira Platzeck somou novo êxito na esfera clássica.

Ler na íntegra