12 Set 2017 | 12:41:43

Keeneland: com lotes acima dos US$ 2,5 mi, produtos de Tapit dominam abertura da September year sale

Garanhão mais valorizado dos Estados Unidos ditou o ritmo das vendas no Kentucky.

Filha de Tapit - irmã própria do ganhador de G1, Cupid - foi arrematada por US$ 2,7 milhões pela Coolmore

Imagem: Keeneland

Teve início nesta segunda-feira (11), no Kentucky, o Keeneland September yearling sale, um dos mais concorridos leilões de potros do turfe internacional. Na data de abertura, domínio de lotes provenientes de Tapit. O garanhão da Gainesway Farm emplacou três produtos em preços iguais ou superiores à marca de US$ 2,5 milhões.

Na condição de lote mais valorizado da bateria de vendas, uma fêmea, por Tapit e Pretty n’ Smart (Beau Genius), alcançou US$ 2,7 milhões no número 69 do catálogo. A potranca criada por Turner Breeders e consignada por Van Meter-Gentry Sales teve em Michael Vincent Magnier, um dos herdeiros do triunvirato da Coolmore, o seu comprador.

Trata-se de uma irmã própria de Cupid, ganhador da Gold Cup (gr.I) em Santa Anita, e que nesse mesmo leilão, em 2014, foi adquirido pela Coolmore, custando US$ 900 mil à época.

O lote de número 49, correspondente a um macho de criação de Besilu Stables e Three Chimneys Farm (do brasileiro Gonçalo Torrealba) restou adquirido por Mandy Pope pela quantia de US$ 2,6 milhões, no segundo maior preço do dia inaugural de vendas.

Filho de Tapit na colocada em G1, Miss Besilu (Medaglia d’Oro), o potro tordilho – a exemplo do pai – tem como segunda mãe Quiet Dance (Quiet American). Esta, por sua vez, produziu o Horse of The Year nos Estados Unidos – e posteriormente reprodutor clássico – Saint Liam (Saint Ballado), além de Quiet Giant (Giant’s Causeway), no caso a mãe do múltiplo ganhador de G1, Gun Runner (Candy Ride).

Número 105 do catálogo, um filho de Tapit na ganhadora do Ogden Phipps Handicap (gr.I), Tiz Miz Sue (Tiznow), de criação de Cres Ran, foi adquirido pela Shadwell pela soma de US$ 2,5  milhões. O terceiro maior preço do dia.

Completando o top 5, esteve um casal do reprodutor War Front. O macho, originado a partir da múltipla ganhadora de G1 Iotapa (Afleet Alex), adquirido por Donato Lanni pela soma de US$ 1,9 milhão. A potranca uma filha da irlandesa – vencedora de G3 em seu país natal – Ialoof (Galileo), leiloada a Oxo Equine por US$ 1,6 milhão.

Abaixo, os outros cinco maiores preços da abertura das vendas.

Fêmea, por Medaglia d’Oro e Seally Hill (Point Given) – comprador: Oxo Equine – preço: US$ 1,25 milhão

Macho, por War Front e Theysken’s Theory (Bernardini) – comprador: Shadwell – preço: US$ 1,2 milhão

Macho, por War Front e Dynamic Feature (Rahy) – comprador: Kerri Radcliffe Bloodstock – preço: US$ 1,1 milhão

Macho, por Medaglia d’Oro e D’cats Meow (D’Wildcat) – comprador: Breezy Easy – preço: US$ 900 mil

Macho, por Hard Spun e Azorina (Empire Maker) – comprador: Mayberry Farm – preço: US$ 900 mil

Mais notícias

Nostalgie é atração em lista de pré-inscritas na Gávea

Filha de Fluke não corre desde a vitória na Taça de Prata, em São Paulo

Ler na íntegra

Filho da brasileira Queen Cabaret, Quechua vence G1 em Cingapura

Menos de 24 horas após a conquista de Bal A Bali, criação sulamericana do Haras Santa Maria de Araras voltou a brilhar em prova internacional.

Ler na íntegra

Rompicapo vence a primeira nos Estados Unidos

Crioulo do Haras Santarém conquistou maiden claiming em Ellis Park.

Ler na íntegra