Banner Haras Regina Topo
01 Set 2018 | 19:28:58

Honorável Bisca brilha no GP Henrique de Toledo Lara (gr.I)

Filha e neta, respectivamente, dos nacionais Siphon e Grimaldi, corredora do Haras Basano levou a melhor na sequência da tríplice coroa de éguas.

Honorável Bisca venceu o G1 das potrancas.

Imagem: Marília Lemos

Um dos pontos altos da movimentada programação deste sábado (1), em Cidade Jardim, o Grande Prêmio Henrique de Toledo Lara (gr.I), em 1.800m na pista de grama (macia), para potrancas de 3 anos, marcou a segunda prova da tríplice coroa de éguas. Vitória de Honorável Bisca, filha de Siphon e La Siroque (Grimaldi), de criação e propriedade do Haras Basano.

Doppio Shanghai (Shanghai Bobby) saiu com pressa dos boxes, no intento de fazer corrida para sua companheira de farda – a favorita e candidata à tríplice coroa, Hembra (Forestry). A própria Hembra corria em segundo, com Que Ideia (Quick Road) acionando em terceiro. Baby Cat (Forestry) despontava em quarto, com Duty do Jaguarete (Kodiak Kowboy) aparecendo em quinto. Na cabeceira da curva, Que Ideia passou para segundo e começou a carregar sobre Doppio Shanghai.  

Enquanto isso, Luis Henriques mantinha Honorável Bisca na oitava – e penúltima – colocação, à frente, somente, de Magia Negra (Molengão).

Abordada a reta final, Doppio Shanghai e Que Ideia giraram praticamente emparelhadas. Com melhor ação, Doppio Shanghai manteve-se na ponta, enquanto a adversária caía em intensidade. Hembra não animava, em terceiro. Faltando 400 metros para o disco, surgiu, em franco arremate pelas balizas de dentro, Honorável Bisca.

Tomando de golpe a primeira colocação, passou, então, a se defender dos ataques de Queridinha (Dídimo). Magia Negra era outra que emplacava vistosa ação final. Numa demonstração de alta categoria, no entanto, Honorável Bisca bateu Queridinha por ¾ de corpo. Magia Negra (2 e ¾) completou a trifeta dos garanhões nacionais. Duty do Jaguarete (4 e ½) e Doppio Shanghai (5 e ¾) deram números finais ao marcador.

A seguir: Mendel Sweet, Hembra, Baby Cat e Que Ideia.

Treinada por Estanislau Petrochinski, Honorável Bisca conquistou a terceira vitória (primeira clássica) em 11 saídas. Vinda de formar a dupla no GP Barão de Piracicaba (gr.I), completou a distância na marca de 1:46.73, com finais de 24.16 e 12.25.

Mais notícias

Desejo Ousado e Montparnasse empatam no primeiro posto da Prova Especial Gualicho

Atração da jornada noturna de segunda-feira (14) foi marcada por chegada acirrada.

Ler na íntegra

Classicismo no nome e na essência: uma ode a Matias Machline

Chegadas emocionantes, derrotas improváveis e muitos, muitos craques no currículo. Assim se conta a história da Copa ABCPCC Clássica Matias Machline (gr.I).

Ler na íntegra

Editais de convocação: Assembleia Geral Ordinária e Assembleia de Proclamação Eleitoral

 

Ler na íntegra