Banner Haras Regina Topo
14 Abr 2018 | 18:08:43

Symbolus: estreia de luxo na capital paulista

Defensor de João Boyadjian debutou com facílima vitória na Prova Especial Doutor José Eugênio de Rezende Barbosa.

Symbolus deixou os adversários a perder de vista.

Imagem: Marília Lemos

Numa estreia de gala, Symbolus, filho de Discreet Cat e Inny (Pulpit), de criação do Haras Santarém e propriedade de João Boyadjian venceu, neste sábado (14), em Cidade Jardim, a Prova Especial José Eugênio de Rezende Barbosa, em 1.400m na pista de areia, para produtos de 2 anos.

Partindo do extremo externo do partidor, Samba de Birigui (Kará de Birigui) assumiu a dianteira, após a partida. Jet Lag (Public Speaker) corria em segundo, com Symbolus acionando em terceiro. Sédulus (Salto) e Maracuja Sweet (T. H. Approval) encerravam o lote.

Completa a curva e iniciada a reta de chegada, Samba de Birigui ainda trazia folgada margem à frente de Symbolus. Este, levado para o meio de pista por Everton Pereira, começou a se aproximar do ponteiro quando faltavam 400 metros para o disco. Cem metros à frente já se percebia que não seria outro o vencedor, que não Symbolus.

Passando, sem briga, por Samba de Birigui, Symbolus aumentava, galão a galão, a diferença que lhe separava do adversário. Em demonstração de notória superioridade, Symbolus derrotou Samba de Birigui por 12 corpos e ½. Jet Lag (13 e ¼) em terceiro. Depois, Maracuja Sweet (21 e ½) e Sédulus (24 e ¼).

Treinado por Victorio Fornasaro, Symbolus percorreu a distância na marca de 1:25.61, com finais de 26.48 e 13.85.

Mais notícias

Conferência debate políticas antidoping adotadas no Uruguai

Evento foi realizado em Maroñas no último dia 21 de abril

Ler na íntegra

GP João Adhemar de Almeida Prado: o início dos grandes feitos

A Taça de Prata de potros tem por tradição render os primeiros feixes de glória a campanhas de verdadeiros campeões. No sábado, mais de R$ 200 mil em disputa.

Ler na íntegra

Lampião e Desejada Poty vencem desdobramentos da Prova Especial Mensageiro Alado

Dois embates no quilômetro marcaram os primeiros páreos de chamada clássica no sábado do GP Brasil.

Ler na íntegra