Banner Haras Regina Topo
10 Jun 2018 | 19:13:42

See The Sky levanta o Grande Prêmio Federação Internacional de Autoridades Hípicas

Corredor do Haras Mabruk conquistou batismo clássico no derradeiro embate graduado do domingo máximo.

See The Sky atropelou com apetite.

Imagem: Gérson Martins

Destinado a produtos de 3 e mais anos, o Grande Prêmio Federação Internacional de Autoridades Hípicas (gr.III), em 2.000m na pista de grama (pesada), para produtos de 3 e mais anos, marcou o derradeiro embate graduado do domingo máximo do turfe brasileiro. Vitória de See The Sky, 4 anos, filho de Shirocco e Coupole (Tsunami Slew), de criação e propriedade do Haras Mabruk.

Filho de Campeão (Glória de Campeão) tratou dos papéis após a partida. Zap Zap (Soldier of Fortune) e Soldier of Mondesir (Soldier of Fortune) corriam nos segundo e terceiro postos, respectivamente. Em quarto Devil Cat (Drosselmeyer).

Wesley da Silva Cardoso corria See The Sky no fundo do lote, na oitava colocação.

Na reta de chegada, Jaspion Silent e Devil Cat assumiram o protagonismo do páreo. A 200 metros do disco, todavia, apareceu, em forte atropelada, See The Sky. Com melhor ação, bateu Devil Cat por 2 corpos e ½. Jaspion Silent (3 e ½) em terceiro, com Empavado (por Redattore, 4) finalizando em quarto. Na quinta colocação, Desejado Outplay (por First American, 4 e ½).

Depois: Zap Zap, Soldier of Mondesir, Filho de Campeão e Discreto Belo.

Noutro êxito de Luis Esteves no festival, See The Sky conquistou a terceira vitória em 15 saídas. No batismo clássico, parou os relógios no tempo de 2:05.22.

Mais notícias

Turmalina Charm vence a Prova Especial Donética

Filha do nacional Plenty of Kicks, pertencente ao Stud Petisco, brilhou na jornada noturna de quinta-feira, em São Paulo.

Ler na íntegra

Jadir impõe suas qualidades para vencer G3 na Gávea

O corredor do Stud Eternamente Rio agora é um dos líderes de sua geração no Rio de Janeiro

Ler na íntegra

Criação: Danehill Dancer morre aos 24 anos na Irlanda

Enfermidades relacionadas à idade avançada provocaram o sacrifício do garanhão da Coolmore

Ler na íntegra