Banner Haras Regina Topo
06 Fev 2018 | 17:48:19

Puerto Escondido vence outro G1. No dia seguinte, lesão antiga volta a se manifestar.

Melhor cavalo do turfe argentino, na atualidade, conquistou o GP Miguel Alfredo Martinez de Hoz (gr.I) pela segunda vez. Também pela segunda vez, lesão no tendão voltou a acometer o castanho.

Depois de vencer G1 pela segunda vez, Puerto Escondido deverá ficar afastado das competições até o segundo semestre

Imagem: Juan Ignacio Bozzello

No último sábado (3), em San Isidro, na Argentina, produtos de 3 e mais anos disputaram o Gran Premio Miguel Alfredo Martinez de Hoz (gr.I). A exemplo do ocorrido em 2017, vitória de Puerto Escondido que, contudo, voltou a sentir lesão no tendão – manifestada, pela primeira vez, justamente, quando da sua primeira vitória neste páreo, no ano passado.

Enquanto Giant’s Steps (Giant’s Causeway) ditava o ritmo do páreo, na dianteira, Puerto Escondido vigiava as movimentações, na segunda colocação. Ganhando rédeas de Osvaldo Aderete na cabeceira da reta de chegada, Puerto Escondido tomou de golpe a primeira colocação.

Tal qual visto no GP Carlos Pellegrini (gr.I), Puerto Escondido, nos últimos 400 metros, disparou à frente dos adversários. O tordilho Stivers (Lasting Approval), com Jorge Ricardo, formou a dupla a cerca de 5 corpos. The Great Day (Harlan’s Holiday) finalizou em terceiro. Tempo de 1:58.46 para os 2.000m na pista de grama.

Nesta segunda-feira (5), o website Turf Diario publicou matéria dando conta de que, Puerto Escondido apresentou-se sentido do anterior esquerdo, no dia seguinte à corrida. Examinado pelos veterinários, Puerto Escondido manifestou lesão em seu tendão – em contratempo idêntico àquele sofrido pelo corredor, há 1 ano. A informação foi confirmada, segundo a publicação, pelo treinador Pablo Sahagían – que antecipou estimativa de 5 meses para afastado das pistas, para total recuperação.

Até aqui, Puerto Escondido (4 anos, filho de Hurricane Cat e Surf Point, por Louis Quatorze) soma 6 vitórias em 14 saídas. Trata-se de um crioulo do Haras El Malín que pertence à Caballeriza Facundito.

Mais notícias

Daniel Boone vence a PE Helíaco: no caminho de Catch A Flight?

Filho de Wild Event repete vitória semelhante do ilustre companheiro de farde que culminou em aparição no GP São Paulo de 2014

Ler na íntegra

Desejada Naka desacata os machos e bate recorde na trilha do “Bento”

Corredora da Coudelaria F.B.L. apresenta-se como um dos melhores animais em treinamento no turfe gaúcho.

Ler na íntegra

Laurent desbanca os mais velhos na Prova Especial Roi Normand

Alazão do Haras Figueira do Lago permanece invicto na raia de areia.

Ler na íntegra