Banner Haras Regina Topo
05 nov 2018 | 11:50:36

Na trilha do Possolo, Gaivina derrota Lisboeta

Potranca do Haras Santa Maria de Araras levantou o Clássico Octavio Dupont (L).

Gaivina é potranca de alto padrão. 

Imagem: Sylvio Rondinelli/Divulgação JCB

Uma das atrações da jornada realizada no domingo (5), no Jockey Club Brasileiro, o Clássico Octavio Dupont (L), em 1.500m na pista de grama (macia, com cerca móvel de 3m), reuniu potrancas de 3 anos, já em testes para o GP Henrique Possolo (gr.I), do próximo semestre. Venceu Gaivina, filha de Gone Astray e Calandria (Put It Back), de criação e propriedade do Haras Santa Maria de Araras.

Fazendo corrida para Gaivina, Gana Forte (Put It Back) assumiu a dianteira. Higlighted (Discreet Cat) corria em segundo e Surprising (First American) acionava na terceira colocação. Na seta dos 1.200 metros finais, porém, Lisboeta (Quick Road), forçando mais aberta, tomou a segunda colocação. Gaivina corria em sexto.

Na reta final, Lisboeta logo colocou Gana Forte em sua mira. O jóquei de Lisboeta, Henderson Fernandes, aguardava, porém, a presença de Gaivina para que então fizesse a partida em sua conduzida. Quando Gaivina, enfim, surgiu, a 300 metros do disco, em franco arremate, Lisboeta foi colocada para correr. Não demorou a se perceber, porém, que a ação de Gaivina era superior àquela desempenhada pela potranca do Figueira do Lago.

Corrigida por Valdinei Gil, Gaivina sacou vantagem sobre Lisboeta, nos últimos 150 metros, derrotando-a por ¾ de corpo. Surpising (2 e ¼) foi a terceira e Midsummerain (por Setembro Chove, 1 e ¼) a quarta. Gana Forte (3 e ¼) completou o marcador.

A seguir: Little Bad Girl, Naomi Broadway, Kassie’s Angel, Highlighted, Silence’s Sister e Breaking News. Não correu: Platine.

Recebendo treinamento de Christiano Oliveira, Gaivina obteve a terceira vitória em 4 saídas. Vencedora das Provas Especiais Be Fair, Indian Chris e segunda colocada, para Touriga, na Taça de Prata, Gaivina parou os relógios no tempo de 1:29.18.

Mais notícias

Sexy Reasons vence o Ciudad de Montevideo (gr.I) e brasileira Hastquina forma a dupla

Argentina, neta de Roy, conquistou a prova das éguas no festival uruguaio.

Ler na íntegra

Salto Olímpico vence em Hong Kong

Brasileiro, criado pelo Haras São José da Serra, obteve primeira vitória no turfe oriental nesta quarta-feira (4).

Ler na íntegra

Fera Veloz confirma favoritismo no Clássico Breno Caldas – Taça Criação e Turfe Gaúchos (L)

Defensor do Stud Interbúzios mantém-se invicto na areia.

Ler na íntegra