Banner Troféu Mossoró
16 Jul 2017 | 18:25:30

King David resiste a Energia Guest no GP Dezesseis de Julho (gr.II)

Filho de Drosselmeyer pertence ao Haras Nacional.

King David conseguiu aparar os ataques de Energia Guest

Imagem: Gérson Martins

Principal atração do fim de semana, no Jockey Club Brasileiro, o Grande Prêmio Dezesseis de Julho (gr.II), em 2.000m na pista de grama (macia, com 7m de cerca móvel), para produtos de 3 e mais anos,  teve em King David, 4 anos, filho de Drosselmeyer e Nocciola (American Gipsy), de criação e propriedade do Haras Nacional, o seu ganhador.

Olympic Google (Roderic O’Connor), sem surpresas, assumiu a dianteira na largada. King David disputava com US Trick (Public Purse) a segunda colocação. Na reta oposta, Harak (Acteon Man) avançou aberto levando consigo US Trick e formando uma tripla disputa ao lado, ainda, de Olympic Google, pela ponta.

King David sobrava para quarto, correndo Leão de Prata (Crimson Tide) e Discreto Belo (Signal Tap) nas posições subsequentes. Céu de Brigadeiro (Out of Control), Departure Time (Public Purse) e Energia Guest (Elmustanser) encerravam o pelotão.

Na cabeceira da curva, Olympic Google e US Trick desvencilharam-se de Harak na disputa do primeiro posto. Com o corredor do Haras Regina livrando pequena vantagem sobre US Trick, a dupla passou pela curva e ingressou na reta final. King David, que corria na espreita, foi lançado, por Valdinei Gil, numa ótima passagem surgida entre Olympic Google e US Trick. Nos 400 finais King David já detinha consigo a primeira posição.

Faltando 300 metros para o disco, Céu de Brigadeiro – a meio de pista – e Energia Guest – bem aberto – surgiram em bons arremates. Com melhor ação, Energia Guest passou por Céu de Brigadeiro e abriu fogo, numa última estocada, para cima de King David. Nos galões decisivos, King David obteve êxito em aparar os ataques de Energia Guest, batendo o oponente por pescoço. Olympic Google (1 e ¾) terminou em terceiro e Céu de Brigadeiro (2) em quarto. Discreto Belo (2 e ¼) completou o marcador.

Depois: Departure Time, Leão de Prata, US Trick e Harak. Não correu: Écrit Dans Le Ciel.

Preparado por Manoel Paulo, King David conquistou a quarta vitória em 11 corridas. Ganhador do GP Francisco Eduardo de Paula Machado (gr.I), King David registrou 2:04.33 para os dois quilômetros.

Mais notícias

Projeto de lei busca fomentar a indústria do cavalo PSI em Bagé

PL 7.126/17 foi protocolado na última quarta-feira por Afonso Hamm em Brasília

Ler na íntegra

Venâncio e No Regrets: prontos para fazer história (mais uma vez)

Treinador está a uma vitória de igualar o lendário Ernani de Freitas. A potranca poderá se tornar a primeira tríplice coroada a vencer o GP Brasil.

Ler na íntegra

Mercado: Salto Olímpico e January Jones seguem para a Ásia

Algumas semanas após Esfinge ter sido adquirida por investidores japoneses, outros dois animais PSI criados no Brasil tiveram seladas as suas negociações junto a proprietários asiáticos. Em operações intermediadas pela Agência TBS, Salto Olímpico e January Jones seguirão suas respectivas carreiras - ele de corredor, e ela de matriz - na Ásia.

Ler na íntegra