09 Ago 2017 | 21:17:44

IFHA divulga relação dos cinco laboratórios referenciais do turfe internacional

Além da criação do Comitê Designador de Laboratórios Referenciais, entidade abriu processo de credenciamento para laboratórios interessados na obtenção da certificação.

A Federação Internacional de Autoridades Hípicas (IFHA) divulgou, por meio de sua assessoria de imprensa, a relação dos cinco primeiros laboratórios certificados como referenciais, pela entidade, no turfe mundial. No mesmo comunicado, se noticiou a instituição do Comitê Designador de Laboratórios Referenciais (RLAC) – que terá a competência de conferir, suspender e revogar a certificação dada aos laboratórios credenciados.

Após deliberação do Conselho Executivo da IFHA, receberam certificado de laboratórios referenciais o Racing Analytical Services Limited (Austrália), LGC Group, Sport & Specialised Analytical Services (Grã-Bretanha), Hong Kong Jockey Club Racing Laboratory (Hong Kong), Kenneth L. Maddy Equine Analytical Chemistry Laboratory (EUA) e Laboratoire Des Courses Hippiques (França). Este, por sinal, vem recebendo as amostras colhidas nas provas clássicas disputadas no Jockey Club Brasileiro.

Como parte do processo de certificação, a IFHA avaliou segundo critérios referentes à organização, recursos, atividade de pesquisa e capacidade de detectar a utilização de substâncias proibidas.

“A integridade das corridas de cavalo de corrida representa o valor primordial para todas as autoridades hípicas ao redor do mundo e significa ainda mais para a IFHA. Nossa principal fonte de recursos são as apostas cujo crescimento e desenvolvimento somente se tornam possíveis se apostadores e espectadores encararem as corridas como algo totalmente limpo. Além do mais, as decisões comerciais tomadas por criadores, proprietários, treinadores e outros investidores são completamente calcadas em resultados que se pressupõem limpos. Órgãos do turfe de todos os lugares devem buscar os mais rígidos métodos de controle antidoping, os quais incluem, dentre outras medidas, elevar nossos laboratórios ao maior padrão possível e aplicar esses padrões para as mais importantes corridas de cavalos ao redor do globo”, declarou Louis Romanet, presidente da IFHA.

Além da instituição do RLAC e do anúncio dos cinco laboratórios referenciais, a IFHA abriu o processo de certificação para que outros laboratórios alcancem o mesmo título perante a entidade. Requisitos, procedimentos e outros detalhes sobre o processo de certificação podem ser acessados aqui.

Mais notícias

De ponta a ponta, Brave Caroline conquista a XXIII Copa Japão de Turfe (L)

Defensora do Stud Hole In One prevaleceu na homenagem a Kazuo Sakurai.

Ler na íntegra

Porto Alegre: Public Job e Best Dubai dominaram clássicos locais

Provas de meio fundo marcaram as principais atrações da reunião gaúcha.

Ler na íntegra

Cristal: Samurai faz as pazes com o disco em Porto Alegre

Alazão do Stud Vinicius Roehrs foi o melhor no Clássico Tribunal Regional do Trabalho

Ler na íntegra