Banner Haras Regina Topo
09 Jun 2018 | 18:37:28

Festa Pronta arremata com desenvoltura no Clássico OSAF (L)

Corredora do Stud Verde obteve batismo clássico na Gávea.

Festa Pronta venceu com autoridade.

Imagem: Gérson Martins

Disputado neste sábado (9), no Jockey Club Brasileiro, o Clássico OSAF (L), em 1.400m na pista de grama (pesada), para éguas de 3 e mais anos, marcou a vitória de Festa Pronta, 3 anos, filha de Wild Event e Allegrezza (Grand Slam), de criação do Haras Santa Maria de Araras e propriedade do Stud Verde.

Apesar da iniciativa de Tapera (Forestry), Esatteza (Wild Event) atacou a ponteira, assumindo a liderança ao final da reta oposta. Festa Pronta e Jolie Mabi (Holy Roman Emperor) disputavam o terceiro, com Olympic Greece (Roderic O’Connor) acionando na quinta colocação.

Na reta de chegada, Esatteza revelou-se presa fácil para os avanços de Tapera quando ainda faltavam 400 metros para o disco. Jolie Mabi buscava, igualmente, uma aproximação, ao passo que Festa Pronta, pela baliza cinco, iniciava seu arremate.

Logo se percebeu que a ação de Festa Pronta lhe renderia a vitória. Conduzida por Vagner Borges, dominou Tapera nos últimos 200 metros e sacramentou a primeira colocação. Tapera (2 e ¼) formou a dupla, finalizando Jolie Mabi (4) em terceiro. Iguatemi (por Holy Roman Emperor, 6) ficou com a quarta posição e Foolproof (por Put It Back, 7) com o quinto lugar.

A seguir: Frutada, Sweet Nana, Zuzu Bem, Esatteza, Olympic Greece e Musa da Sapucaí. Não correu: Fija Roja.

Treinada por Luis Esteves, Festa Pronta obteve a quinta vitória em 10 saídas. No batismo clássico, assinalou 1:24.52 para a distância.

Mais notícias

Barbo repete Mudador e vence o GP ABCPCC (L) em Porto Alegre

Irmão próprio do ganhador em 2016 pertence a Luiz Alberto Andrade Araújo.

Ler na íntegra

Na homenagem a Victorino Chermont, melhor para Rafiq

Potro do Stud Globo resistiu, em final de rigor, aos avanços de Asddrubal.

Ler na íntegra

Está encerrada a campanha do craque Gibraltar Point

Lesões nos ossos sesamóideos do anterior direito provocaram aposentadoria do corredor, que figurava como um dos favoritos ao GP Presidente da República (gr.I) do próximo domingo. Múltiplo ganhador de G1 servirá na reprodução.

Ler na íntegra