12 Ago 2017 | 15:14:07

Criação brasileira perde First American

Reprodutor de 21 anos morreu em São José dos Pinhais, no Paraná.

First American: pai de ganhadores graduados dos 1.000 aos 3.000 metros

Imagem: Stud TNT

Nesse sábado (12), a criação nacional perdeu um dos mais destacados valores dentre os garanhões em atividade no Brasil. Vitimado pelo rompimento de um aneurisma da aorta abdominal (hemorragia abdominal), First American morreu aos 21 anos, no Haras São José da Serra, em São José dos Pinhais, no Paraná.

“O First American se encaminhava para cobrir, na manhã de hoje, quando sofreu a hemorragia abdominal. Em termos mais precisos e técnicos, a causa mortis pode ser descrita como rompimento de um aneurisma da aorta abdominal”, explicou o Dr. Joaquim Antunes, veterinário chefe do Haras São José da Serra.

Filho de Quiet American e In Jubilation (Isgala), First American nasceu nos Estados Unidos, no ano de 1996. Criado pelo Stud TNT (a quem defendeu durante campanha, bem como serviu na reprodução), o castanho competiu por 13 vezes vencendo em duas delas – incluindo o Flamingo Stakes (gr.III), além de um terceiro no Indiana Derby (L).

First American ingressou na reprodução no Stud TNT, em Bagé, no ano 2000. De lá para cá, revelou ganhadores de provas graduadas dos 1.000 aos 3.000 metros, entre as pistas de grama e areia. Vencedor dos Grandes Prêmios São Paulo (gr.I), João Adhemar de Almeida Prado – Taça de Prata (gr.I) e Linneo de Paula Machado (gr.I), Timeo (que servia ao lado do pai, no mesmo Haras São José da Serra) aparece dentre os principais destaques de sua produção.

Cores do Brasil (GP Margarida Polak Lara – Taça de Prata), Outplay (GP Ipiranga), Uncle Tom (GP ABCPCC – Gávea), That Sunday (GP Zélia Gonzaga Peixoto de Castro) e Ancona (Polla de Potrancas – URU-G1) figuram como os outros vencedores de graduação máxima produzidos por First American. Múltiplos ganhadores clássicos American Style, Cônsul American, First Amour e Jardim Di Napoli também ocupam lugar de destaque no stud record do garanhão.

Os resultados de First American não se limitaram, todavia, ao prospecto de pai. Como avô materno, conta com o ganhador do Troféu Mossoró de melhor potro de 2 anos e múltiplo ganhador de G1, Braço Forte (Manduro), e com a recente vencedora do GP Margarida Polak Lara – Taça de Prata (gr.I), Silence Is Gold (Agnes Gold).

First American pertencia ao Haras Figueira do Lago, que adquiriu o garanhão no leilão de liquidação do Stud TNT, em 2016.

Mais notícias

Porto Alegre: Doce Vale abre semana especial com nova taça para Kijoliamour

Irmão materno da candidata à tríplice coroa da Gávea, No Regrets, corredor do Doce Vale venceu o GP Estado do Rio Grande do Sul (L)

Ler na íntegra

Eiffel resiste a Estella Rossa no GP Onze de Julho (gr.II)

Corredora do Stud Rio Dois Irmãos conquistou batismo clássico.

Ler na íntegra

Retorno de Nostalgie e testes para a semana máxima paulista dão o tom do fim de semana

Atrações se alternarão entre as pistas de Cidade Jardim e Gávea

Ler na íntegra