Banner Haras Regina Topo
02 Jun 2018 | 18:03:28

Com autoridade, Naomi Broadway vence o Clássico Emerald Hill (L)

Potranca do Haras do Morro mostrou forma para a tríplice coroa.

André Luis Silva vibra com a vitória de Naomi Broadway.

Imagem: Marília Lemos

Naomi Broadway, filha de Salto e Via Broadway (Northern Afleet), de criação e propriedade do Haras do Morro, obteve a primeira vitória da campanha, em alto estilo, neste sábado (2), em Cidade Jardim. Foi ela a ganhadora do Clássico Emerald Hill (L), em 1.600m na pista de grama (leve, com 4m de cerca móvel), para potrancas de 2 anos – e que serviu, desde logo, como teste para a tríplice coroa que se aproxima.

Margaery (Agnes Gold) fez questão da ponta, após a partida. Recolhida, Hembra (Forestry) passou a correr em segundo. Honorável Bisca (Siphon), Naomi Broadway e Magia Negra (Molengão) brigavam, emboladas, pela terceira colocação.

Na curva, Honorável Bisca foi dar caça a Margaery, ao passo que Hembra vigiava as movimentações da dupla, em terceiro.

Quando do tiro direto, Margaery resistiu, o quanto pode, na primeira posição. Qualquer tentativa de resistência fez-se em vão, porém, quando despontou, a meio de raia, a atropelada de Naomi Broadway. Conduzida por André Luis Silva, a potranca não deu confiança às adversárias, conquistando êxito de autoridade.

Shanghai Princess (por Shanghai Bobby, 2 e ¼) finalizou em segundo. Es-Quenta (por Plenty of Kicks, 2 e ¾) ficou com o terceiro posto. Magia Negra (5 e ¼) e Hembra (5 e ¾) no complemento do marcador.

A seguir: Hierarquia, Honorável Bisca, Nostra Casa, Margaery e Aristocrática.

Pensionista de Delmar Lima Albres (Curitiba/PR), Naomi Broadway soma 1 vitória em 4 tentativas. Tempo de 1:36.42, com finais de 23.73 e 12.25.

Mais notícias

Chile: Wow Cat desbanca os machos mais uma vez e se torna tríplice coroada

Filha de Lookin At Lucky levou a melhor nos 2.200m do St. Leger (gr.I) e fez do ano de 2017, juntamente de Robert Bruce, uma temporada inesquecível para os turfistas chilenos.

Ler na íntegra

Reunião anual do Comité Fiscalizador de Calidad de Carreras Clássicas da OSAF aconteceu na ultima sexta-feira

Comitê reuniu-se em Lima, no Peru, para validar os calendários clássicos dos países membros para 2018.

Ler na íntegra

Égua do ano na Argentina, Dona Bruja segue invicta nos Estados Unidos

Corredora pertencente ao brasileiro Ivan Gasparotto venceu o Modesty Handicap (gr.III).

Ler na íntegra