Banner Haras Regina Topo
28 Ago 2017 | 23:04:41

4.000 vezes Carlos Lavor em primeiro lugar

Na última prova deste domingo, 27 de agosto, no dorso de Cash Demand, Carlos Lavor conquistou a vitória de número 4.000 na sua gloriosa carreira.

Tricampeão do GP Brasil, Carlos Lavor recebeu homenagens de fãs e entusiastas

Imagem: Sylvio Rondinelli/Divulgação JCB

Na última prova deste domingo, 27 de agosto, no dorso de Cash Demand, do Stud Araré (farda que proporcionou também, a Julio Cezar Sampaio, treinador de Cash Demand, seu triunfo número 1.500, através de Elounda), Carlos Lavor conquistou a vitória de número 4.000 na sua gloriosa carreira.

Aos 47 anos de idade, natural do Rio de Janeiro e torcedor do Flamengo, Carlos Lavor é um ícone no turfe brasileiro. Apesar de jamais ter vencido uma estatística, o bridão é ganhador de todas as principais provas do turfe nacional – sendo as maiores nas três vezes que levou o GP Brasil – Troyanos e Villach King (2x) – e uma no GP São Paulo – Troyanos – além de ser o único a conquistar a Tríplice Coroa em duas oportunidades – Virginie (98) e Be Fair (2000).

Montando desde 1983 e com matrícula no Hipódromo da Gávea a partir de 1985, Lavor começou nas pistas ao lado de monstros do esporte como Jorge Ricardo, Juvenal Machado da Silva, Gonçalino Feijó de Almeida, entre outros. Atravessou gerações para encontrar Dalto Duarte, Marcos Mazini e Tiago Josué Pereira. E hoje, ainda desfila sua técnica entre Vagner Borges, Valdinei Gil e Leandro Henrique. Na selva em que é o Esporte dos Reis, somente os mais fortes sobrevivem, e Lavor parece ser imparável.

A popularidade de Carlos Lavor pode ser medida nos aplausos recebidos, no número de pessoas no winners circle ou também no banner confeccionado por uma agente credenciado, com a participação de Joemil de Sousa. E o que é melhor. Em nada isso mudará a rotina do grande piloto. Afinal, na segunda-feira, pode esperar que ele estará correndo na raia de areia para manter a forma e já em busca da vitória 4.001…

Um honra sem igual atravessar essas temporadas e ter o prazer de vê-lo montar, Carlos Lavor.

Mais do que um registro, ou uma homenagem, esse texto é um agradecimento.

Obrigado Carlos Lavor!

(Matéria extraída do site oficial do Jockey Club Brasileiro, publicada em 27 de agosto de 2017 e assinada por Fernando Lopes)

Mais notícias

Rekindling sagra-se o herói da Melbourne Cup 2017

Filho de High Chaparral rendeu expressivo triunfo à revelação Joseph O’Brien.

Ler na íntegra

Cônsul American mostra forma para o "Quilômetro Internacional"

Defensor do Stud Jaguaretê confirmou favoritismo no Clássico Pres. Carlos Paes de Barros (L)

Ler na íntegra

Filha do nacional Timeo, Tantiny assume a liderança entre as potrancas na Gávea

GP Luiz Fernando Cirne Lima (gr.III) rendeu nova taça ao Haras São José da Serra

Ler na íntegra